domingo, 16 de maio de 2010

Livros didáticos feitos a partir de plástico reciclado

Adorei esta notícia, tecnologia utilizada a favor do meio ambiente!

A Vitopel, terceira maior produtora de filmes flexíveis, que detém a tecnologia mundial para produzir papel sintético a partir de plásticos reciclados, vai fornecer 170 toneladas desse material, que tem o nome comercial de Vitopaper, para a impressão de 261 mil livros didáticos da Fundação Paula Souza. Os livros serão disponibilizados para as escolas técnicas e FATECs do Estado de São Paulo. O material, feito a partir de plásticos reciclados do pós-consumo, como embalagens plásticas, rótulos e sacolas plásticas é o primeiro produto, no mundo, com esta tecnologia de usar como matéria prima lixo plástico reciclado. Segundo o presidente da Vitopel José Ricardo Roriz Coelho, o diferencial deste produto é que sua tecnologia permite a reutilização de diferentes tipos de plásticos que seriam destinados ao lixo. "Para cada tonelada de Vitopaper produzido, retiramos das ruas e lixões cerca de 850 quilos de resíduos plásticos", conclui o executivo.

Os livros sintéticos são mais resistentes, economizam em 20% o uso de tinta de impressão e permitem a escrita de caneta esferográfica, porosa e grafite. o Vitopaper não molha, não rasga e pode ser reciclado inúmeras vezes. Quando, por exemplo, os livros que serão produzidos pela Fundação estiverem com o conteúdo defasado, poderão ser reciclados novamente para produzir novos livros.

Imagem: http://www.sacolinhasplasticas.blogspot.com - Fonte: http://www.investimentosenoticias.com.br


2 comentários:

Mariana Gomes Welter disse...

Bacanésimo!!!

Patricia Vilas Boas disse...

Há tempos que a gente não tinha uma notícia tão boa quanto esta!!!