segunda-feira, 21 de junho de 2010

PEGADA DE CARBONO DA COPA DO MUNDO 2010

De acordo com o infográfico feito pela EU Infrastructure a partir de um estudo do governo norueguês, a pegada de carbono da Copa do Mundo na África do Sul será seis vezes maior do que a do último Mundial realizado na Alemanha e duas vezes maior do que a das Olimpíadas de Pequim. Estão sendo lançadas na atmosfera 2.753.251 toneladas de CO2 – o mesmo que mais de um milhão de carros emitem em um ano.
Uma parcela considerável dessa pegada – 15.390 toneladas de CO2 – se deve à fabricação de cimento para a construção de novos estádios, já que o país africano não possuía muitos campos de futebol. Para cada tonelada de cimento produzida, uma tonelada de CO2 vai para os ares. Outro fator que pesa muito na conta do carbono são as viagens internacionais – 1.856.589 toneladas. Como a maior parte dos torcedores que se deslocam para assistir a copas do mundo vem da Europa, as viagens de avião cresceram consideravelmente, enquanto há quatro anos, muita gente conseguiu ir de carro ou de trem.
O consumo de energia por jogadores e torcedores hospedados em hotéis e outras acomodações também foi calculado: 340.128 toneladas, pois a energia no país é produzida essencialmente por termelétricas a carvão e as construções sulafricanas não são energeticamente eficientes. Mas a África do Sul fez alguns esforços para poupar o meio ambiente. Um deles foi a construção do Gautrain, uma rede de trens de alta velocidade que vai transportar os turistas por todo o país. O governo sulafricano também vai realizar um programa de compensação de parte das emissões plantando árvores em áreas urbanas. Serão: 200 mil árvores em Joanesburgo, 25 mil em Rustenberg, 86 mil em Ethekwini e 400 mil em Tshwane/Pretoria.
Para saber mais: http://www.euinfrastructure.com/article/carbon-footprint-of-world-cup-2010/

Fonte: Super Interessante (http://super.abril.com.br/blogs/planeta/)

O que o Brasil está fazendo e fará para diminiur a emissão de CO2 em 2014?

Um comentário:

Marina da Mata disse...

Legal essa notícia Leiloca! ;-)