terça-feira, 29 de junho de 2010

RECYCLED ISLAND - ILHA RECICLADA


Gostei muito dessa matéria publicada na Super Interessante. Viva a tecnologia usada a favor do meio ambiente!

"O Fundo de Arquitetura Holandês quer transformar as toneladas de plástico que flutuam, atualmente, nos oceanos – e têm uma pegada de carbono equivalente à da França e à da Espanha juntas – em uma ilha habitável, sustentável e comunitária no Pacífico, com cerca de 10.000 Km², mais ou menos o tamanho da principal ilha do Havaí.
A ideia do projeto Recycled Island (Ilha Reciclada) é, além de dar um destino melhor para esse lixo todo e limpar os oceanos, garantir que as pessoas que perderem suas casas e suas terras, por conta dos graves efeitos causados pelas mudanças climáticas, possam ter onde morar sem dependerem (tanto) da ajuda de outros países. De acordo com o Greenpeace, nos próximos 30 anos, pode ser que o aquecimento global gere mais de 200 milhões de refugiados. Até agora, 20 milhões de pessoas já precisaram deixar suas casas em função de catástrofes climáticas, como secas intensas, enchentes e derretimento do gelo.
Apesar do estilo de vida mais urbano – afinal, mais da metade da população mundial vive, hoje, em cidades –, não serão utilizados materiais poluentes na construção da ilha, que conterá bastante verde, prezará pelo meio ambiente e será autossuficiente. A produção de comida será local e a geração de energia, feita a partir da luz solar, do movimento das ondas e dos ventos. Os resíduos dos banheiros, por exemplo, deverão ser utilizados para adubar o solo para a produção agrícola. As fazendas de algas serão fonte de trabalho, comida, remédios, biocombustíveis, fertilizantes, estímulo para o aumento da população de peixes e sequestro de carbono.
O local escolhido para a construção da Ilha Reciclada, o Giro Pacífico Norte, é onde se concentra a maior quantidade de resíduos plásticos já encontrada. Isso vai poupar o transporte dos materiais e evitar, portanto, a emissão de gases de efeito estufa. Como esse amontoado de lixo é flutuante, pode ser que a ilha seja construída em outro lugar caso a sopa de plástico se mova."
Mais sobre o projeto no site RECYCLED ISLAND

Nenhum comentário: