segunda-feira, 29 de junho de 2009

Lanchinho bom!


Em tempos de retrocesso das normas ambientais (amanhã falarei mais sobre a sanção da MP 458), o governo do Paraná mostra um posicionamento mais evoluído. A Assembléia Legislativa do Estado aprovou o Projeto de Lei 462 de 2008, que prevê a adoção de merenda escolar orgânica em toda a rede pública estadual.

Paraná produz anualmente mais de um milhão de toneladas de alimentos orgânicos, ao mesmo tempo em que é o segundo maior utilizador de agrotóxicos, atrás de São Paulo. A expectativa é quase triplicar a produção atual até 2016 com o fornecimento para mais de 500 mil estudantes.

Para os produtores, as compras institucionais são uma nova oportunidade de mercado para escoar a produção. É uma possibilidade de expansão do setor produtivo de orgânicos. Os autores do projeto, por sua vez, são cautelosos ao admitir que pode haver uma elevação de custos e, por isso, preveem a implantação gradual da medida em um cronograma a ser definido pela Secretaria Estadual de Educação.

Para Araci Kamiyama, que também é presidente da Câmara Setorial de Agricultura Ecológica, abre-se a possibilidade de fazer pesquisas mostrando a diferença no rendimento entre uma criança que tenha a alimentação tradicional e outra que coma a merenda orgânica.

2 comentários:

sam disse...

hahaha gostei da foto!

Patricia Vilas Boas disse...

É verdade Sam, a foto é realmente fofa! Excelente notícia!!! Com certeza a educação ambiental está relacionada também com a alimentação das pessoas, com a melhora da qualidade de vida, com essa idéia de ensinar bons hábitos alimentares para as crianças e tantas outras coisas...