segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Casamento Ecológico!


Algo novo, algo velho, algo emprestado e algo verde? Confira as dicas para fazer uma cerimônia ecologicamente correta segundo Martha Stewart.

Com a atual situação do planeta presente na mente de tanta gente, não é surpreendente que casais busquem, cada vez mais, maneiras de manter a consciência ecológica no dia do casamento. Mas isso também não significa escolher um vestido de noiva feito de cânhamo, um jantar vegetariano ou qualquer outra coisa do gênero que não seja confortável pra você. Agora, os noivos podem, mais do que nunca, escolher elementos que combinem com seu estilo pessoal e do casamento.

"Qualquer escolha a ser feita, do tipo de convites até as flores do buquê, pode respeitar a natureza e, ao mesmo tempo, também ser muito romântica, afirma Debi Lilly, da empresa americana A Perfect Event.

Muitas vezes isso pode ser feito tão sutilmente que os convidados nem vão perceber, a menos que você conte pra eles. Aqui vão algumas idéias que consideramos as melhores do planeta para preservar o planeta!

CASE-SE DURANTE O DIA

Troque os votos ao ar livre, pela manhã ou à tarde. O sol substitui a luz elétrica e, se você escolher uma época do ano de temperaturas mais amenas, poderá também evitar o uso de ar-condicionado ou calefação, que são verdadeiros ladrões de energia.

Em um casamento noturno, tente manter o mínimo de iluminação artificial possível. Você pode usar velas feitas de cera de abelha ou de soja, que são materiais recicláveis, o que não é o caso da vela de parafina.

PENSE PEQUENO

Geralmente, um evento mais íntimo requer muito menos recursos. Mas, mesmo que você não consiga diminuir a lista de convidados, existem outras maneiras de reduzir o consumo. Lilly sugere oferecer um coquetel, ao invés de um jantar, onde os convidados se locomovem e se socializam enquanto degustam aperitivos.

Como nem todos irão se sentar para comer de uma vez só, você pode usar algumas mesas menores, para duas ou quatro pessoas, ao invés de muitas daquelas mesas enormes de banquete. O resultado: um número muito menor de toalhas de mesa (o que significa muito menos água e sabão para lavá-las), e centros de mesas mais compactos, com menos desperdício. Também pode ser mais divertido para os seus convidados. "Você não imagina a popularidade destas estilo recepções, afirma Lilly, "E este tipo de festa é tão alto-astral".

REDUZA O USO DE PAPEL

Ainda não é fácil encontrar uma seleção muito grande de convites de casamento impressos em papel reciclado, especialmente os mais formais. Mas existem outras maneiras de preservar as árvores, segundo Emily Anderson, autora do livro "Eco-Chic Weddings"(ainda sem tradução para o português - título sugerido: Casamentos Ecochiques).

Quando cadastrar sua lista de presentes em uma loja, deixe um lembrete que os mesmos não deverão ser embrulhados. Solicite à loja para não vender ou ceder seus dados cadastrais a terceiros, com essa medida você reduzirá o número de catálogos e solicitações de cartões de crédito que começam a chegar logo depois que você se cadastrou.

PAGUE DE VOLTA

Pelo menos alguns de seus amigos e parentes terão de viajar para prestigiar seu enlace. A noiva americana Kim McLawhorn usou um motor de busca online para determinar quantos quilômetros cada um desses convidados viajaria de carro ou avião. Depois disto, compensou o consumo de combustível previsto comprando créditos de carbono da NativeEnergy, empresa sediada no estado de Vermont que utiliza os fundos para finança projetos de energia renovável, como campos de energia eólica. "Tenho uma sensação muito boa por estar preparando meu casamento da maneira mais ecológica possível, comentou Kim, que gastou aproximadamente US$300 em créditos de carbono.

COMPRE LOCALMENTE

Flores e alimentos cultivados nas redondezas requerem menos transporte e menos combustível e geralmente são mais frescos. Contrate também outros serviços locais, como fotografia, filmagem e música. Tire proveito também dos itens de decoração e de mesa oferecidos pelo local onde será a recepção, ao invés de alugá-los de outros fornecedores.

PRESENTEIE O PLANETA

Ao invés das tradicionais lembrancinhas, que logo serão jogadas no lixo, faça uma doação em nome de seus convidados para ONGs ambientalistas como a WWF - Fundo Mundial para a Natureza ou a americana Rainforest Alliance. Mas se você faz questão que seus convidados levem uma recordação para casa, experimente pequenos vasos de ervas aromáticas, sementes de árvores em embalagens biodegradáveis ou mesmo presentes comestíveis, como café certificado com o selo fair trade (comércio justo) ou chocolate orgânico.

RECICLE

Sim, você deve pedir ao serviço de buffet para separar garrafas e latas recicláveis usadas na recepção e levar a comida que sobrar para pessoas carentes. Mas existem tantas outras maneiras inesperadas e maravilhosas de reciclar, afirma Anderson, Você pode usar o vestido de noiva de sua mãe, ou mesmo comprar o seu em um brechó, ao invés de usar um novinho em folha. Você pode também reutilizar as flores.

Recentemente Lilly usou os mesmos arranjos florais da cerimônia na recepção. Ela simplesmente adicionou mais folhagens ao conjunto e deu um visual totalmente diferente.

Além da sensação reconfortante de presentear com lindas flores e preservar o meio-ambiente, você ainda tem dedução de impostos. Procure por outras instituições de caridade na sua cidade, ou entre em contato com um hospital ou abrigo local para sugestões de como doar.

Escrito por Martha Stewart, em 30/04/2008.

2 comentários:

Mariana disse...

Pat, eu amei esse post. Tem tudo a ver com sua fase de vida não é? E eu pretendo adotar essas dicas ecológicas se for mesmo fazer minha festa de casamento. Beijos!

Patricia Vilas Boas disse...

Pois é, amiga - noivinha!!! Mas tenho que confessar uma coisa, acho que pra ser verde nesse âmbito de casamento é preciso esforço, viu? Não é fácil encontrar opções menos poluentes que sejam também bonitas e interessantes...Acho que é preciso uma revisão de conceitos até por parte das pessoas e empresas que trabalham como fornecedores de serviços e produtos de um casamento...Isso implica em uma real mudança de conceitos...