segunda-feira, 28 de julho de 2008

Quem é o nosso ministro?

Acompanhamos a saída da ministra Marina Silva do ministério do Meio Ambiente há poucos meses atrás, após forte pressão e muita luta pela política ambiental de um governo inconsistente, de um governo quie prioriza o agronegócio e desenvolvimento predatório e que pouco considera as gerações futuras e populações tradicionais.
A saída da ministra do MMA foi seguida de muita polêmica, pois não se sabe ao certo se a gota d'água para que ocorresse o fato foi a declaração da ministra Dilma Roussef á respeito de ser a Amazonia a fronteira hidreletrica do Brasil, as pressões de alguns governistas e ruralistas ou qualquer outro motivo.
O que se sabe é que quem assumiu o cargo foi Carlos Minc e desde que esse assumiu o posto, o Brasil vem experimentando várias mudanças, tais como recentemente o novo decreto que regulamenta a lei de crimes ambientais.
Se são positivas ou negativas as mudanças, ninguém sabe ainda. E muita gente também não sabe quem é "esse" Carlos Minc, que tantas alterações vem trazendo.
Portanto, para que saibamos quem é o cidadão que defende a política ambiental brasileira e consequentemente nossos interesses, segue o currículo dele!
(Fonte: www.mma.gov.br - http://www.mma.gov.br/estruturas/cgti/_arquivos/curriculum_carlos_minc.pdf)
Currículo Carlos Minc
Nascido em julho de 1951, no Rio de Janeiro, Carlos Minc Baumfeld é casado e pai de
dois filhos.
Estudou no Colégio Aplicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e, em
1967, foi vice-presidente da Ames (Associação Metropolitana dos Estudantes Secundaristas).
Líder estudantil, participou ativamente da resistência contra a ditadura militar, sendo preso em
1969, com 18 anos, e exilado. Em 1979, com a Anistia, voltou ao Brasil.
Economista, foi professor-adjunto do Departamento de Geografia da Universidade
Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), obteve o mestrado em Planejamento Urbano e Regional
pela Universidade Técnica de Lisboa (1978) e doutorou-se em Economia do Desenvolvimento
pela Universidade de Paris I - Sorbonne (1984).
Eleito deputado estadual pelo Rio de Janeiro em 1986, Carlos Minc está em seu sexto
mandato consecutivo. Em 2007, Carlos Minc foi nomeado Secretário de Estado do Ambiente
do Rio de Janeiro. Em 27 de maio de 2008, é empossado como Ministro de Estado do Meio
Ambiente.
Fundador do Partido Verde (PV), Carlos Minc foi eleito deputado estadual pela primeira
vez pelo PV. Em 1990, 1994 e 1998 foi reeleito pelo Partido dos Trabalhadores (PT).
Em1989, recebeu o Prêmio Global 500, concedido pela ONU aos que se destacam
mundialmente nas lutas em defesa do meio ambiente.
Com 130 leis aprovadas, sua ação parlamentar abrange temas como a defesa do meio
ambiente, segurança pública, saúde no trabalho, ética na política e fiscalização do orçamento
e da execução orçamentária do Estado do Rio de Janeiro.
Publicações
- “Como Fazer Movimento Ecológico” (Editora Vozes; 1985),
- “A Reconquista da Terra” (Editora Zahar; 1986),
- “Ecologia e Política no Brasil” (Espaço e Tempo/Iuperj; 1987), organizado por José
Augusto Pádua, em co-autoria com Fernando Gabeira e outros,
- “Despoluindo a Política” (Editora Relume Dumará; 1994),
- “Ecologia e Cidadania” (Editora Moderna; 1997), está na terceira edição.
Adotado por 120 escolas públicas e privadas do Brasil, o livro “Ecologia e Cidadania”
aborda temas como ecologia urbana e do trabalho, educação ambiental e o meio ambiente na
história.

Um comentário:

Ecomeninas disse...

Confesso que o currículo do novo ministro me impressionou. Vamos ver se as pressões ocultas não irão impedir de que seja feito um bom trabalho em prol do meio ambiente.