quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Birdwatching!

Você já escutou falar de birdwatching?

Birdwatchig é a palavra em inglês que traduz a prática de observar aves. Na verdade, não é apenas observação, pois os praticantes também estudam os hábitos, a beleza e a leveza desses animais, além é claro de tirar várias fotos, filmar, gravar os sons emitidos pelos bichos alados...

A prática é comum nos E.U.A., Europa e Austrália e aos poucos vem ganhando adeptos por aqui que se dispõem a viajar com objetivo de observar aves. Inclusive já é possível encontrar opções de passeios turísticos e grupos voltados para o tema.

O Brasil, por possuir um dos ecossistemas mais ricos do planeta em termos de biodiversidade e de aves que podem ser observadas a olho nu ou com ajuda de equipamentos especiais como binóculos, possui um grande potencial para a prática. No entanto, é bom deixar claro que para possibilitar o birdwatching e para que haja mais interessados, é necessário que a fauna e a flora brasileiras sejam preservadas.

Além disso, como o birdwatching pressupõe uma integração com a natureza, é essencial que os próprios praticantes tenham consciência da problemática ambiental, atuando de maneira responsável e ecologicamente correta ao desenvolverem as suas atividades.

Em sites especializados você pode ver onde, no Brasil, estão as maiores concentrações de aves.
Olha o passarinho!!!!
De toda forma, independentemente do nome da prática, de fazer parte de um grupo ou não, o importante é admirar a natureza e aprender com ela, pelo menos um pouquinho...

Fonte do texto: Adaptação do artigo “Os melhores lugares brasileiros para praticar o birdwatching” disponível no site:
http://www.proximodestinobrasil.com.br/os-melhores-lugares-brasileiros-para-praticar-o-birdwatching.html

3 comentários:

Mariana disse...

mQue legal! E essa foto é tão delicada...

sam disse...

Sempre quis fazer isso e montar um grupo de birdwatching no meu bairro que tem muitas aves. vou tentar fazer um curso na UFMG agora no carnaval e se der certo eu conto para vocês, meninas.

Patricia Vilas Boas disse...

Bacana, Sam! Depois vc conta pra gente, para que possamos divulgar a sua iniciativa aqui no blog.